Aparentemente, lasers podem induzir alto-falantes, celulares e tablets inteligentes a seguir comandos para abrir portas ou fazer compras, por exemplo, mesmo que a muitos de metros de distância.

Publicidade

Pesquisadores de Tóquio e da Universidade de Michigan, nos EUA, revelaram que conseguiram assumir o controle de dispositivos como o Google Assistente, a Siri, da Apple e a Alexa, da Amazon. Para isso, eles direcionaram os lasers para os microfones.

A equipe publicou um artigo detalhando a falha após sete meses de testes. Eles conseguiram “sequestrar” alto-falantes inteligentes a mais de 30 metros de distância, usando uma lente telefoto para concentrar os lasers. Durante os testes, a equipe conseguiu fazer o Google Home abrir a porta de uma garagem, mesmo estando dentro de uma sala em outro prédio.

Publicidade

A modulação a laser que eles irradiavam no microfone através da janela foi equivalente ao comando de voz “Ok Google, abra a porta da garagem”. Confira no vídeo:

publicidade

 

Os pesquisadores explicaram que existe uma pequena placa dentro dos microfones dos dispositivos, que se move quando é atingida pelo som. Os lasers podem replicar esse movimento e convertê-lo em sinais elétricos que são captados pelo dispositivo.

Publicidade

Eles ainda afirmaram que abrir a porta da garagem controlando o Google Home foi fácil, e eles poderiam tranquilamente fazer compras online, abrir portas trancadas e até mesmo destrancar carros que tenham sido conectados a dispositivos de inteligência artificial.

A equipe já notificou empresas como a Tesla, Amazon, Apple e Google sobre o problema, e ainda ressaltou que cobrir os microfones não impede o acesso do laser. Os microfones teriam que ser redesenhados.

 

Via: Engadget

Publicidade