No último domingo (1), um escorregador de emergência desinflado caiu de um avião Boeing 767 enquanto voava sobre um subúrbio em Boston, Estados Unidos. Felizmente, ninguém saiu ferido, já que o escorregador atingiu o chão a alguns metros de distância de duas pessoas. O incidente é mais uma marca negativa contra a Boeing durante um período em que a empresa parece desesperada para restaurar sua reputação.

Publicidade

Um porta-voz da Delta Airlines disse ao The Boston Herald que o objeto caiu de um avião que estava indo para o Aeroporto Internacional de Boston, saindo de Paris, na França. A lona de emergência acabou no quintal de uma casa em Massachusetts, derrubando vários galhos de uma árvore antes de pousar a poucos metros de onde o proprietário da casa, Wenhan Huang, e sua vizinha, Stephanir Leguia, estavam na época.

“Se tivesse nos atingido, teríamos morrido; ele é muito pesado”, afirmou Leguia. Ironicamente, o incidente ocorreu apenas dois dias antes de um evento nas instalações da Boeing em Seattle, com o objetico de recuperar a confiança nos aviões da empresa.

Publicidade

A companhia aérea e a Administração de Aviação Federal dos Estados Unidos seguem investigando como o avião ejetou seu principal equipamento de segurança.

publicidade

 

Via: Futurism

 

 

Publicidade