Nesta sexta-feira o CEO da Tesla e SpaceX, Elon Musk, decidiu sair do Twitter. E anunciou isso, claro, via Twitter, dizendo não estar certo sobre se a rede é algo bom e, logo em seguida, “Adeus Twitter”.

Publicidade

Musk não encerrou sua conta, que tem mais de 29 milhões de seguidores. Não é a primeira vez que o bilionário faz isso: ele já “tirou férias” do Twitter algumas vezes antes, como em outubro e novembro do ano passado e em meados de outubro neste ano.

A franqueza de Musk na rede, e seu costume de interagir com qualquer um, de fãs a críticos, já lhe causou problemas: no passado, um Tweet onde dizia que pretendia tornar a Tesla uma empresa de capital privado lhe causou problemas com a SEC, a Comissão de Valores Mobiliários dos EUA.

Em outro momento ele acusou um mergulhador britânico, envolvido com o resgate dos meninos presos em uma caverna na Tailândia, de ser “um pedófilo”, algo que lhe rendeu um processo que se estende há mais de um ano.

publicidade
Publicidade

Fonte: Mashable