Um grupo de espectadores fugiu de uma sessão do filme ‘Coringa’ em Paris com medo de um ataque terrorista. Segundo o jornal Le Parisien, um homem interrompia constantemente a sessão reclamando que o filme “é político”. Quando outros espectadores tentaram fazer com que ficasse quieto ele se levantou, botou as mãos sobre o peito e gritou “Allahu Akbar!”, expressão em Árabe que significa “Deus é Grande!”.

Publicidade

Com isso cerca de 25 dos 200 espectadores deixaram a sala em pânico, com alguns pulando sobre cadeiras ou tropeçando nos corredores. Mas segundo o diretor do cinema Le Grand Rex, onde a sessão aconteceu, tudo não passou de um golpe: o homem pretendia esvaziar a sala para que seus comparsas pudessem roubar as bolsas e celulares deixados para trás na correria. “Eles já usaram a mesma tática em um trem”, disse o diretor.

Por precaução a sala foi evacuada e o esquadrão anti-bombas foi chamado para vasculhar o local em busca de explosivos, mas nenhum foi encontrado. O homem, cuja identidade não foi divulgada, chegou a ser contido pelos espectadores, mas conseguiu fugir. Pouco mais tarde, foi preso pela polícia nas proximidades do cinema.

Publicidade

O Le Grand Rex é um cinema histórico, inaugurado em 1932 e um dos maiores da Europa. Sua sala principal tem capacidade para 2.300 espectadores. A sala onde Coringa era exibido tem capacidade para 500 pessoas. Estrelado por Joaquin Phoenix, o filme é um sucesso de crítica e público, viralizando nas redes sociais. Segundo rumores uma sequência pode já estar entrando em produção.

publicidade

Fonte: Hollywood Reporter

Publicidade