Três meses após se tornar o maior acionista e presidente do console de administração da Via Varejo, Michael Klein e sua família consideram a venda da administração do Extra.com de volta para o GPA – empresa de comércio varejista.

A Via Varejo controla, além do Extra.com, mais de mil lojas das bandeiras Casas Bahia e Ponto Frio em suas operações de comércio eletrônico. “Estamos ainda avaliando para começarmos as negociações com o GPA ou outros grupos”, disse Klein a jornalistas na última quarta-feira (25). O GPA não comentou o assunto.

Klein e investidores financeiros adquiriram a participação total da GPA na Via Varejo em junho deste ano. A negociação ocorreu mais de dois anos após o grupo declarar que gostaria de vender sua participação para focar em segmentos de varejo alimentar.

Desde sua venda, as ações da Via Varejo acumularam valorização de 50%. No dia do anúncio de Klein, os papéis mostraram que a valorização foi de 2%, enquanto o Ibovespa mostrou um aumento de 0,44%.

publicidade

Klein ainda afirmou que a GPA reduziu as operações de financiamento da Via Varejo quando assumiu seu controle, e passou a depender das administradoras de cartão para financiar seus clientes, isso pode ter feito suas ações despencarem.

Segundo ele, a ideia é voltar com a prática para ajudar o grupo a crescer. “Estamos planejando reativar nossas próprias operações de crediário usando a infraestrutura do BanOI”, disse Klein, referindo-se ao sistema de banco digital que a Via Varejo lançou em junho, em parceria com a startup norte-americana Airfox.

De acordo com Klein, os principais executivos da Via Varejo estão na China em uma negociação com a Tencent Holdings e outros grupos em uma tentativa de firmar acordos para trazer novas soluções de pagamento ao Brasil.

Via: Reuters