Uma vulnerabilidade foi encontrada no firmware dos Macs que coloca milhares de computadores sob risco de sofrer ataques de hackers dificilmente detectáveis.

A falha foi descoberta pela empresa de segurança Duo Security, que analisou mais de 70 mil Macs e percebeu que grande parte deles estava com uma versão diferente da esperada do firmware, o que tornava os computadores inseguros.

publicidade

O firmware é responsável por identificar componentes de um computador e ligá-los ao software da máquina. É uma parte fundamental dos computadores e por isso é bastante visada por hackers. Por ser um recurso de certa forma “escondido” no computador – ele fica armazenado na memória da placa mãe e inicia antes do sistema operacional -, detectar um problema nele é bastante complicado.

No caso das falhas detectadas pela empresa de segurança, era possível modificar indevidamente o firmware para o hacker tomar controle do sistema e até mesmo roubar informações da vítima.

publicidade

Ao Ars Technica, a Apple disse que o macOS High Sierra faz validação semanal do firmware do computador, e isso deve aumentar a segurança dos dispositivos. A Duo Security disponibilizou uma ferramenta gratuita para donos de Mac saberem se a máquina corre riscos – o download pode ser feito por aqui.