A IFA, evento anual de tecnologia realizado em Berlim, só começa no próximo dia 31, mas os anúncios de produtos já estão aparecendo. A LG revelou nesta terça-feira dois novos smartphones que mostrará na feira, sendo um deles o G7 One, versão de seu G7 que roda Android sem as personalizações típicas da marca sul-coreana.

O modelo fará parte do programa Android One do Google, que conta também com a presença de marcas como Motorola, Xiaomi e Nokia. Os smartphones dessa linha usam todos uma mesma versão do sistema do Google, sem modificações feitas pelas fabricantes, o que em tese ajuda a agilizar as atualizações.

publicidade

O G7 One não é exatamente igual ao G7 ThinQ, topo de linha da marca lançado neste ano. E não estamos falando só no quesito software: em vez de um Snapdragon 845, o novo aparelho virá com um chip mais antigo, o 835. Nada de câmera dupla na traseira também — o modelo tem apenas uma lente atrás, com sensor de 16 megapixels e abertura f/1.6, e outra na frente, grande-angular de 8 megapixels e f/1.9.

O modelo também tem apenas metade da capacidade de armazenamento do original (32 contra 64 GB), mas ao menos preserva os 4 GB de RAM e a tela de 6,1 polegadas. A resolução do painel, aliás, também é a mesma, 3120 x 1440 pixels, assim como o sistema de som tão elogiado nos topos de linha da LG.

publicidade

Um novo intermediário-premium

Fora esse modelo com Android One, a LG ainda anunciou um novo smartphone para o segmento de “intermediários-premium”, o LG G7 Fit. O modelo vem com um chip Snapdragon 821, lançado em 2016, acompanhado de 4 GB de memória RAM e de duas opções de espaço para armazenamento (32 ou 64 GB). Em termos de câmeras, a traseira terá os mesmos 16 megapixels do G7 One, mas com lente de abertura f/2.2.

publicidade

Os dois modelos não tiveram as datas de lançamento e nem os preços divulgados, mas a LG descreve ambos como smartphones “mais acessíveis”. Mais informações sobre ambos devem ser reveladas durante a IFA, que começa na sexta-feira (31).

publicidade