A fabricante chinesa Huawei lançou um celular com “tela infinita” e sem notch: em vez de abrigar câmera frontal e sensores em um recorte na parte superior da tela, o Honor Magic 2 tem uma traseira deslizante que, quando aberta, revela a lente para selfies e outras coisas.

O Honor Magic 2 foi brevemente demonstrado pela Huawei durante a IFA 2018 em agosto, e agora foi apresentado oficialmente pela fabricante chinesa. É um celular com uma abordagem diferente para as telas infinitas em relação a outros modelos, que seguem normalmente o mesmo caminho adotado pelo iPhone X de incluir um entalhe na tela.

publicidade

A traseira deslizante do Honor Magic 2 lembra os celulares antigos que escondiam um teclado físico abaixo da tela. Mas, no caso do aparelho chinês, apenas câmeras e sensores ficam guardados, e a parte frontal exibe apenas uma tela imensa e quase sem bordas.

Além do design diferente, o Honor Magic 2 também se destaca por ter, ao todo, seis câmeras. Na parte frontal ficam três (uma de 16 megapixels e duas de 2 megapixels) que ainda são compatíveis com tecnologias de reconhecimento facial. Na traseira, a chinesa colocou outro trio de sensores, sendo dois de 16 megapixels e um de 24 megapixels.

publicidade

Em relação às outras especificações técnicas, o Honor Magic 2 tem tela AMOLED de 6,4 polegadas com resolução Full HD+ e usa um processador Kirin 980 com 6 GB ou 8 GB de RAM. Ele pode ter 128 GB ou 256 GB de armazenamento interno, e a bateria de 3.400 mAh conta com tecnologia de recarga rápida e promete chegar a 50% de carga em apenas 15 minutos.

Por enquanto, o aparelho só vai ser vendido na China a partir do dia 5 de novembro, custando o equivalente a R$ 2,5 mil pela versão com 8 GB de RAM e 256 GB de armazenamento interno.