A Consumer Eletronics Show 2020, o maior evento de tecnologia do mundo, tem início marcado para o dia 7 de janeiro, em Las Vegas. O Olhar Digital cobre o evento há mais de 10 anos e marcará presença na edição desse ano.

Publicidade

Além dos anúncios das grandes marcas, algo que também deve chamar a atenção são alguns produtos a serem revelados por outras empresas com ideias bem diferentes do comum, mas que são bem interessantes. Confira a seguir uma lista com sete itens que podemos esperar ver na CES 2020.

Waydoo Flyer

O primeiro item da lista fica por conta de um tipo de prancha de surfe voadora, que até pode parecer que saiu de algum filme futurista. Desenvolvida pela Waydoo, a prancha conta com uma hélice, que fica submersa e tem o seu motor parecido com o que é visto em jet skis.

Publicidade

publicidade

Quem estiver “surfando” no aparelho deverá usar um controle Bluetooth para dirigi-lo tendo uma velocidade máxima de aproximadamente de 45 quilômetros por hora. A prancha ainda conta com uma bateria de 6.000 Watts, que deve proporcionar uma autonomia de até 75 minutos com uma carga completa.

Casa eletrônica para gatos

Os gatos são ótimos companheiros que alegram os nossos dias constantemente graças a sua inteligência e brincadeiras. Entretanto, ao terem algum problema de saúde, nem sempre é uma tarefa fácil pegá-los para fazer um exame.

Publicidade

Reprodução

Pensando nisso, a Caremitou é uma empresa que está criando um tipo de “casinha eletrônica” para gatos, que é capaz de pesá-los, guardar o número de vezes que a caixa de areia foi utilizada e até coletar amostras de urina para exames.

Adaptador para esconder e proteger tomadas

Um item que se popularizou bastante em casas foram as lâmpadas inteligentes, que diminuíram consideravelmente o número de interruptores presentes nas paredes. Mas, dessa vez, quem deve sofrer mudanças são as tomadas com uma invenção da Italy Innovazioni.

Publicidade

Estreando pela primeira vez na CES 2020, o Hide deve funcionar como uma capa protetora, que esconde as entradas comuns de uma tomada. Assim, além de proporcionar uma aparência melhor, o Hide mantém as tomadas protegidas de água e poeira e ainda evita choques.

Bateria virtual

A bateria é um ótimo instrumento musical, mas não é todo mundo que pode ter uma equipamento desses em sua casa ou apartamento, seja por questão de espaço ou até mesmo por poder incomodar os outros a sua volta por conta de seu som. Pensando em ajudar justamente a pessoas nessa situação, a Senstroke criou sensores para serem acoplados em baquetas.

Publicidade

Com eles, bateristas podem tocar bateria em literalmente qualquer lugar para treinar e gravar seus sons, tudo com a ajuda também de um aplicativo para celular.

Câmera voadora para selfies

Algo que chegou já faz bastante tempo, mas que fez um sucesso relativo foram os bastões de selfies, que deveriam facilitar o trabalho na hora de tirar uma foto. Agora, algo melhor elaborado é uma câmera voadora, parecida com um drone, que serve exclusivamente para selfies.

Publicidade

Sendo desenvolvida pela AIR Pix, as fotos obtidas com a câmera têm a resolução máxima de 12 megapixels e também grava vídeos em Full HD a 30 quadros por segundo.

Capacete inteligente

Desenvolvido para ciclistas e até para quem anda de patinete, este capacete com um visual futurista procura ajudar quem precisa usar o celular justamente nessas horas sem perder a atenção. Com eles, por exemplo, é possível atender ou realizar ligações, escutar músicas e até obter resultados de seu GPS.

Publicidade

BassMe

Na hora de escutar música, dependendo do seu estilo predileto, os “graves” podem fazer toda a diferença. Assim é que surge o BassMe, uma espécie de subwoofer vestível, que fica perto de seu coração para trazer uma experiência mais imersiva na hora de escutar músicas saindo das limitações impostas por fones convencionais.

Publicidade

A ideia, que é um tanto diferente, já ganhou até mesmo um prêmio de inovação da CES 2020 antes mesmo do evento começar. Sendo compatível com headsets e qualquer fonte de música, esse dispositivo já sendo utilizado em alguns cinemas na França.

Via: Tech Radar

Publicidade