O Google vai começar a limitar os aplicativos com pouca segurança (LSAs) das contas do G Suite. A medida, feita para proteger as contas de seus usuários, passa a valer a partir de junho de 2020 e restringe programas que não são da empresa, mas que podem acessar a conta usando apenas o nome de usuário e senha.

Publicidade

A mudança afeta mais os usuários que usam programas de e-mail, calendário e contatos com protocolos CalDAV, CardDAVL, IMAP e Exchange ActiveSync (Google Sync). Isso pode começar a partir do dia 15 de junho do ano que vem, quando usuários que tentarem conectar pela primeira vez um aplicativo LSA ao G Suite terão o acesso bloqueado.

Se o usuário já estiver com um aplicativo LSAs conectado antes de junho, nada acontecerá até o dia 15 de fevereiro de 2021. Neste dia, a medida será implantada permanentemente e todos os acessos de aplicativos não seguros serão desativados do G Suite.

Publicidade

A medida já havia sido anunciada anteriormente e busca proteger as contas do Google de possíveis vulnerabilidades. Como opção de aplicativo, a gigante da tecnologia sugere que seus usuários do G Suite usem programas que suportem o método de acesso OAuth, que seriam mais “modernos e seguros”, e avisa a empresa sobre tentativas de invasão.

publicidade

 

Via: G Suite Updates

Publicidade