A Amazon, a Apple, o Google e a Zigbee Alliance anunciaram nesta quarta-feira (18) a criação de um grupo de trabalho para desenvolver e promover a adoção de um novo padrão para aumentar a compatibilidade entre produtos domésticos inteligentes, com a segurança como princípio fundamental do design.

Publicidade

Empresas membros da diretoria da Zigbee Alliance, como IKEA, Legrand, NXP Semiconductors, Resideo, Samsung SmartThings, Schneider Electric, Signify (anteriormente Philips Lighting), Silicon Labs, Somfy e Wulian também farão parte do grupo de trabalho e contribuirão com o projeto.

O objetivo do projeto Connected Home over IP (Lar Conectado sobre IP) é simplificar o desenvolvimento para os fabricantes e aumentar a compatibilidade para os consumidores. Ele baseia-se em uma crença compartilhada de que dispositivos domésticos inteligentes devem ser seguros, confiáveis e fáceis de usar.

Publicidade

Com base no protocolo de Internet (IP), o projeto visa permitir a comunicação entre dispositivos, aplicativos móveis e serviços em nuvem e definir um conjunto específico de tecnologias de rede baseadas em IP para certificação de aparelhos.

publicidade

O grupo de trabalho adotará uma abordagem de código aberto para o desenvolvimento e implementação deste novo padrão. O projeto pretende usar contribuições de tecnologias domésticas inteligentes já testadas no mercado pela Amazon, Apple, Google, Zigbee Alliance e outras. Espera-se que a decisão de alavancar essas tecnologias acelere o desenvolvimento do protocolo e ofereça benefícios aos fabricantes e consumidores mais rapidamente.

O projeto visa facilitar para os fabricantes a construção de dispositivos compatíveis com serviços domésticos e de assistentes de voz inteligentes, como Alexa da Amazon, Siri da Apple, Google Assistente e outros. O protocolo planejado complementará as tecnologias existentes e os membros do grupo de trabalho incentivam os fabricantes de dispositivos a continuar inovando usando as tecnologias disponíveis hoje.

Publicidade

De acordo com o grupo, outros fabricantes de dispositivos, de chips e tecnologias para o lar conectado estão convidados a participar e contribuir com o padrão.

Fonte: ZigBee Alliance

Publicidade