A Amazon proibiu seus comerciantes terceirizados de usarem o serviço da empresa FedEx para entregar compras feitas por membros do Amazon Prime nos Estados Unidos. A proibição, que é temporária, pretende impedir que empresas que vendem pela gigante do comércio – no sistema de “marketplace” – usem serviços como FedEx Ground para realizar suas entregas.

Publicidade

Apesar da proibição, as empresas parceiras ainda poderão usar o FedEx Express, por ser uma modalidade que oferece prazos amigáveis para o despacho de encomendas no país. Em um comunicado, a FedEx Corp. afirmou que a decisão afeta “um número muito pequeno de remetentes”, e disse que “limita as opções para pequenas empresas em uma data considerada de alta demanda, o que pode comprometer sua capacidade de gerenciar os pedidos dos clientes e manter seus negócios”.

A Amazon e a FedEx têm um relacionamento de negócios instável. A gigante do comércio expandiu sua própria frota de entrega nos últimos anos, esperando contar menos com a FedEx e outros serviços de entrega nos Estados Unidos.

Publicidade