Os cientistas acabam de observar uma nova galáxia pela primeira vez, a “Mambo-9“, uma das galáxias mais distantes já encontradas até hoje.

Publicidade

É verdade que isso não representa nenhum tipo de recorde, já que outras galáxias a distâncias semelhantes já foram descobertas, mas a “Mambo-9” é quase tão antiga quanto o Universo, relata a CNN. Isso pode ajudar os astrônomos a conseguir mais informações sobre os primeiros dias do cosmos.

Reprodução

Publicidade

Imagem da galáxia “Mambo-9” – Foto: The Astrophysical Journal

publicidade

A “Mambo-9” é apenas cerca de 970 milhões de anos mais nova que o próprio Universo, de acordo com pesquisa publicada quarta-feira no The Astrophysical Journal. É um período gigantesco para humaos, mas um mero pontinho no calendário cósmico.

A nova descoberta apresenta uma ótima e rara oportunidade de observar a formação de uma galáxia. A luz da “Mambo-9”, que acabou de chegar à Terra – que retrata acontecimentos de 13 bilhões de anos atrás – revela uma vasta nuvem de “poeira” que um dia formará novas estrelas e exoplanetas.

Publicidade

“Esperamos cem vezes mais estrelas que poeira”, disse a pesquisadora Caitlin Casey, da Universidade do Texas, em Austin. “Mas a ‘Mambo-9’ ainda não produziu tantas estrelas, e queremos descobrir como a poeira pode se formar tão rapidamente após o Big Bang”, completou Casey.

 

Via: Futurism

 

Publicidade