O Aquário do Tennessee, nos Estados Unidos, encontrou uma maneira bem inusitada de celebrar a temporada de festas: a enguia do aquário, chamada de Miguel Wattson, pode controlar as luzes de sua própria árvore de Natal.

Publicidade

Sempre que o Miguel descarrega eletricidade, sensores na água distribuem a carga para um conjunto de alto-falantes. Além de ser divertido, o projeto tem uma função educacional, uma vez que a duração da iluminação corresponde ao “status de energia” de Miguel. O piscar rápido e fraco das luzes é causado pelas constantes e baixas tensões de eletricidade que ele libera quando tenta encontrar comida. Os flashes maiores são causados pelos choques de tensão mais altos que ele emite quando está comendo ou animado.

Isso não é tudo: a enguia Miguel tem uma conta no Twitter, com mais de 40 mil seguidores, que também é controlada por seus choques. E então, assim como acende sua árvore de Natal, os sensores do tanque permitem que a enguia envie tuítes quando emite descargas elétricas a partir de uma certa tensão.

Publicidade