O YouTuber e empreendedor OMI IN A HELLCAT, fundador do serviço de IPTV Gears Reloaded, diz que todos os seus bens foram confiscados pelo FBI. A afirmação foi feita durante uma sessão de Live Streaming nesta quinta (21), depois de um raro período em que o serviço ficou fora do ar para “manutenção”.

Publicidade

Segundo OMI, cujo nome real é Omar Carrasquillo, a “visita” das autoridades foi motivada pela sua operação de IPTV e por uma investigação que corre há dois anos por “evasão de divisas e lavagem de dinheiro”. Entretanto, ele continua afirmando que serviços de IPTV são completamente legais.

“Eles tomaram todos os meus carros […] quando digo que eles levaram ‘tudo’ quero dizer que eles levaram cada cartão SD, cada câmera, cada televisão em minha casa – CASAS. Eles levaram todos os carros. Eles levaram TODOS os meus Hellcats”.

Publicidade

Carrasquillo é conhecido por seu estilo de vida extravagante, documentado em seu canal no YouTube. Em um vídeo recente, ele envelopou uma Lamborghini Aventador 2019 com ilustrações dos Power Rangers. Em outro, mostra sua recém adquirida Lamborghini Huracan EVO ano 2020.

publicidade

“Meu amigo teve de me emprestar um telefone porque não tenho mais um telefone. Eles confiscaram milhões de dólares de todas as minhas contas. Eles levaram todo o dinheiro que eu tinha em casa”, diz ele. “Eles levaram todas as minhas jóias, coisas das crianças, Xboxes, computadores, notebooks, telefones celulares. Eles não deixaram nem os drones”.

O empreendedor tem uma fortuna avaliada em US$ 50 milhões, mas nem tudo teria vindo de IPTV, já que há relatos de que ele tem imóveis, um restaurante e vários outros negócios.

Publicidade

Recentemente vários provedores de IPTV tem sido alvo de ações da polícia, no Brasil e no Exterior. A queda dos serviços levou ao aumento nas buscas por apps de streaming pirata em lojas como o Google Play.

Fonte: TorrentFreak

Publicidade