Em 2018, pela primeira vez, a China foi o país que mais lançou foguetes em órbita no mundo, com 35 voos, superando os 29 dos Estados Unidos e os 20 da Rússia. Agora, segundo o Ars Technica, o país caminha em ritmo acelerado para estabelecer um novo recorde em 2019, dando mais um sinal de que é a China quem vai moldar o futuro da exploração espacial.

Publicidade

O país tem vários planos ambiciosos para as próximas décadas. Na semana passada, a Administração Espacial Nacional da China concluiu seu primeiro teste público do veículo espacial que planeja enviar para Marte ainda no ano que vem. Neste mês, conseguiu lançar com sucesso duas missões orbitais em apenas três horas.

Enquanto isso, os Estados Unidos estão desacelerando seu ritmo de lançamentos espaciais. O fornecedor de serviços de lançamento United Lauch Alliance lançou apenas quatro missões neste ano. Já a SpaceX lançou onze.

Publicidade

Via: Futurism