A Motorola lançou ontem a noite em um evento em Los Angeles, nos Estados Unidos, o Motorola Razr, o primeiro celular com tela dobrável da marca. O dispositivo traz um display que dobra ao meio no padrão flip e resgata o design do antigo e popular Motorola V3, um dos maiores sucessos da empresa.

Publicidade

O novo Razr possui três câmeras. Uma delas está localizada na parte traseira do telefone; a segunda se encontra na parte interna e pode ser acessada com o dispositivo aberto; a última, curiosamente, está na parte frontal e é acessível com o smartphone fechado. Além disso, o novo aparelho virá com uma tela OLED dobrável de 6,2 polegadas e resolução de 2142 x 876 pixels, processador Snapdragon 710 e 6 GB de RAM e 128 GB de armazenamento.

O design do aparelho chama atenção quando comparado com outras propostas de celulares dobráveis, como o Samsung Galaxy Fold e o Huawei Mate X. O Razr não se torna um tablet quando aberto, mas sim, fica mais compacto quando está fechado. O ponto negativo do celular fica por conta da bateria, de apenas 2.730 mAh. A marca justifica a baixa capacidade da bateria por conta da espessura do aparelho.

Publicidade

Nos Estados Unidos, o Motorola Razr estará à venda apenas em janeiro por 1500 dólares, cerca de 6225 reais em conversão direta. No Brasil, o smartphone já está sendo homologado pela Anatel, mas ainda não há data oficial de lançamento por aqui.