O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações anunciou ontem (5), em cerimônia, as regras para a criação de fundos patrimoniais e ‘endowments’ para ciência, tenologia e inovação. Com isso, universidades públicas e instituições de pesquisa terão uma nova ferramenta para atrair investimento público.

Publicidade

Os ‘endowments’ são uma modalidade de financiamento com fundos de caráter permanente. Esses fundos têm rescursos fixos e são gerenciados como fundos de investimento, com rendimentos aplicados à área de evolução. De acordo com o Ministério, os fundos devem preservar seu valor, gerar receita e constituir uma fonte regular e estável de recursos de fomento.

Esses fundos devem reduzir os riscos de impactos por eventuais diminuições na arrecadação do governo. Com as novas regras, universidades públicas e institutos de pesquisas vinculados ao órgão terão maior autonomia financeira e sustentabilidade para suas atividades no longo prazo.

Publicidade

Essa é a primeira iniciativa do governo para implementar a modalidade no Brasil, já usada em outros países.

publicidade

Sete instituições já apresentaram qualificação para criar os fundos de endowments desde o último dia 29, quando foi publicada a portaria nº 5.918 no Diário Oficial da União, com as regras de criação dos fundos.

 

Via: Agência Brasil

Publicidade