O Serviço Federal de Processamento de Dados apresentou esta semana o aplicativo da Delegacia Virtual. Idealizado junto com o Ministério da Justiça e Segurança Pública, o aplicativo promete facilitar e agilizar o processo de registrar um boletim de ocorrência.

Publicidade

Usando o próprio celular, a vítima vai precisar apenas digitar o CPF e tirar uma selfie para validar o registro. Depois disso, precisará gravar um áudio descrevendo o ocorrido e, por meio de inteligência artificial, o texto será qualificado de acordo com a natureza do crime.

O BO também será geolocalizado, para indicar às autoridades o local exato do fato. Em algumas ocasiões o cidadão ainda terá que comparecer a uma delegacia para complementar as informações registradas por meio do aplicativo. A Delegacia Virtual vai se integrar ao módulo “Procedimentos Policiais Eletrônicos”, que já está funcionando no país desde 2017 e visa facilitar a gestão e o registro de procedimentos policiais.

Publicidade