Uma equipe de pesquisadores da Universidade de Waterloo, no Canadá, desenvolveu uma “folha artificial” capaz de transformar gás carbônico (CO2) em Metanol. O processo, inspirado nas folhas das plantas, “imita a fotosíntese” mas é 10 vezes mais eficiente, segundo Yimin Wu, professor de engenharia que liderou a pesquisa.

Publicidade

De acordo com Wu, o processo usa gás carbônico e água como matéria prima, e óxido de cobre e a luz do sol como catalisadores para uma reação química. O resultado é a produção de metanol e oxigênio.

O pesquisador pretende usar gás carbônico produzido pela indústria do aço, automotiva ou de petróleo, convertendo o “lixo” em produtos químicos úteis. Além do benefício econômico, o processo pode ajudar a combater o aquecimento global, reduzindo as emissões de carbono e fornecendo uma fonte de energia sustentável.

Publicidade

Fonte: Fast Company