A Prefeitura de São Paulo publicou nesta quinta-feira no diário oficial do município, novas regras para patinetes elétricos. Agora, passa a ser cobrado das empresas 0,20 centavos por corrida e uma mensalidade de 30 reais por patinete. Além disso, o decreto estabelece a velocidade de 20 km/h e a definição de locais onde a circulação será permitida. Fica definido também a criação de estacionamentos e bolsões para recolher os patinetes das ruas.

Publicidade

A cobrança citada acima é umas das principais mudanças em relação ao decreto anterior, publicado em agosto pela Prefeitura. Até então, as regras de uso desses equipamentos respondiam a um decreto de regulamentação provisória de maio. O novo documento suspende o anterior. As prestadoras do serviço de compartilhamento de patinetes elétricos terão o prazo de 60 dias, contados a partir de hoje, para se adequarem à nova regulamentação. Caso haja descumprimento das regras, as empresas serão multadas.

Publicidade