Quem solicitar quaisquer serviços da Uber em São Paulo, a partir desta quinta-feira (24), terá que seguir uma nova regra para cancelar as viagens. Isso porque a empresa resolveu diminuir com a tolerância de cinco minutos. Agora, uma nova taxa de cancelamento começa a ser cobrada a partir de três minutos após a solicitação.

Publicidade

A cobrança passa a ser proporcional, não mais fixa. Com essa mudança, a partir dos três minutos de tolerância, um cálculo que leva em consideração o tempo de viagem e deslocamento feitos pelo motorista determinará a taxa de cancelamento da corrida.

De acordo com a Uber, a reformulação nas taxas foi feita para “valorizar o tempo do usuário e do motorista parceiro” e “melhorar a experiência da comunidade”. A empresa explica que o sistema já estava em funcionamento em outras cidades, como o Rio de Janeiro, e segue em expansão. O portal Tilt averiguou que a medida foi adotada sob demandas dos motoristas, a fim de compensar financeiramente o tempo gasto no trajeto.

Publicidade

Em casos de viagem utilizando o “Uber Juntos”, o limite de espera sem cobrança continua sendo de um minuto. O motorista ainda receberá a taxa se decidir cancelar a viagem após esperar o passageiro por mais de dois minutos.