No Brasil, os pagers foram bastante populares na década de 1990. Mesmo sendo uma tecnologia revolucionária quando apareceu por aqui, no Japão, ela já existia há pelo menos 30 anos e continuou sendo popular alguns anos depois.

E para a tristeza de 1,5 mil usuários, a Tokyo Telemessage Inc., o último serviço de pager do país, começou a desligar os sinais de rádio na noite passada e os bipes finais cessaram hoje (1º).

Em agradecimento ao aparelho que fez história na tecnologia, alguns usuários japoneses da cidade de Akihabara decidiram realizar um funeral de seus aparelhos após o desligamento do sinal, o qual fazia a comunicação entre os dispositivos.

Nas imagens do funeral que foram divulgadas nas redes sociais, usuários fiéis dos dispositivos aparecem rezando em homenagem ao finado aparelho. Uma foto do pager foi colocada sobre o altar, como comumente é realizado em funerais nipônicos com a imagem do falecido. 

publicidade

 

Na tela do pager, o número “114 1064” era exibido. Esse código é o equivalente a “ai shiteru yo” (eu te amo, em tradução livre).

Os pagers continuaram bastante populares no Japão devido ao seu uso em hospitais, onde a conexão de celular pode ser irregular ou o uso de telefone foi proibido devido à preocupação de que os sinais pudessem interferir em equipamentos médicos.

Via: Gizmodo