Em artigo publicado no The Journal of Electrochemical Society, pesquisadores de baterias de Halifax, na Universidade de Dalhousie, no Canadá, descrevem uma nova bateria de íons de lítio que pode alimentar um veículo elétrico por mais de um milhão de milhas, aproximadamente 1,6 milhão de quilômetros. 

A bateria teria capacidade para mais de 4.000 ciclos de carregamento, perdendo apenas cerca de 10% de sua capacidade de carga quando atingir o final de sua vida útil.

Células de energia usadas em veículos elétricos, como Teslas, têm uma expectativa de vida útil de cerca de 300.000 a 500.000 milhas.

A nova tecnologia seria extremamente útil em veículos de grande circulação, como táxis e ônibus.

publicidade

Desde 2016, a equipe da Universidade de Dalhousie realiza pesquisas para melhorar as baterias de íon-lítio exclusivamente para o Tesla.

O novo documento divulga exatamente como eles criaram uma receita para uma bateria de carro elétrico de um milhão de milhas, otimizando todos os ingredientes, como grafite artificial e, em seguida, aprimorando a nanoestrutura do óxido de cobalto e manganês de níquel e lítio para criar uma estrutura cristalina com menor probabilidade de quebrar e queda de desempenho.

Poucos dias após a publicação deste documento, a Tesla recebeu uma patente de uma nova bateria de veículo elétrico com quase a mesma composição química que a detalhada no trabalho de pesquisa.

 

Via: Gizmodo