Em uma operação de combate às emissoras clandestinas, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), em parceria com o Comando de Operações Especiais (COE) da Polícia Militar do Estado de São Paulo, desativaram cerca de 25 emissoras que transmitiam sinal de rádio por meio de antenas instaladas na Serra da Mata Fria (SP).

A operação iniciou ainda na madrugada da última sexta-feira (13), quando agentes do COE desceram de rapel em pontos previamente identificados por sobrevoo. Eles aguardaram até o amanhecer para que os agentes da Anatel dessem início à diligência por terra. A movimentação dos agentes fez com que suspeitos corressem para desligar e esconder os transmissores clandestinos, porém, eles foram surpreendidos e presos.

No total, além da interrupção do sinal de 25 emissoras, foram realizadas três prisões em flagrante e a desativação de 20 pontos onde a energia elétrica que alimentava os equipamentos de transmissão era desviada. Em parceria com a distribuidora de energia local, os policiais também apreenderam cerca de uma tonelada de cabos de energia usados para ligar os transmissores. Os suspeitos foram conduzidos para a Superintendência da Polícia Federal.

Anatel

publicidade

As antenas foram descobertas após diversas denúncias de interferência no sinal do controle de tráfego aéreo em São Paulo, principalmente do Aeroporto Internacional de Guarulhos, que fica a 10 quilômetros do local.

Toda a operação precisou ser pensada cuidadosamente devido às características de acesso bastante difíceis do local, além da periculosidade dos envolvidos na transmissão dos sinais irregulares. De acordo com Marcelo Augusto Scacabarozi, gerente da Agência em São Paulo, as operações devem prosseguir. Segundo ele, a Anatel possui um alto índice de reclamações de estações clandestinas de rádio na mesma região. “A Anatel, em parceria com o Governo do Estado e demais instituições públicas, estuda outras ações de inteligência que possam combater esse tipo de ocorrência”, declarou.

Fonte: Anatel