A partir desta semana, a Uber passa a circular nas redes sociais a nova campanha com foco em segurança da plataforma. São vídeos que mostram na prática como funcionam alguma das principais ferramentas de segurança do app para usuários e motoristas parceiros. Além dos Brasil, demais países da América Latina também foram incluídos na campanha. 

Dentre os destaques de segurança, está um pacote de recursos chamado de U-Check, que é responsável pela validação das informações de usuários e dos motoristas. A validação dos dados é feita por meio de uma parceria com a Serasa Experian. Isso inclui também a validação do cadastro, realizado em parceria com o Serpro (Serviço de Processamento de Dados do Governo Federal), que fornece as informações da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV), com a autorização do Denatran – Departamento Nacional de Trânsito, e também inclui a checagem de antecedentes criminais dos motoristas parceiros – realizada por uma empresa especializada em bancos de dados de todo o país e atualizada a cada 12 meses.

Reprodução

Além disso, o aplicativo informa que realiza uma validação de identidade em tempo real. De tempos em tempos, o aplicativo pede, aleatoriamente, aos motoristas parceiros uma selfie para verificar se a pessoa que vai aceitar a viagem é a mesma da conta.

publicidade

Antes de embarcar, os usuários recebem notificações para conferir se o carro e o motorista que chegaram são os mesmos que estão cadastrados no aplicativo. Os usuários também são instruídos a reportar qualquer incidente em que se envolvam. Eles informam que todas as viagens são cobertas por seguro para acidentes pessoais, e que os usuários podem ficar tranquilos caso algo aconteça.

Reprodução

“Segurança é a prioridade de nossos investimentos. Como resultado, nos últimos meses lançamos uma série de recursos que estão à disposição de parceiros e usuários”, afirmou a Claudia Woods, diretora-geral da Uber no Brasil, sobre a campanha.