A Nasa e a Hewlett Packard Enterprise (HPE) uniram-se para construir um novo supercomputador que servirá ao Centro de Pesquisa Ames da Nasa, na Califórnia, e desenvolverá modelos e simulações do processo de pouso das missões Artemis à Lua.

Chamado de “Aitken”, em homenagem ao astrônomo norte-americano Robert Grant Aitken, o supercomputador pode executar simulações com até 3,69 petaflops (ou 3,69 quintilhões) de operações de cálculo por segundo. Ele emprega a segunda geração de processadores Intel Xeon, usa interconexão Mellanox InfiniBand de alta velocidade e tem 221 TB de memória embarcada para armazenamento.

“Aitken” será responsável por modelar diferentes métodos de entrada, descida e pouso da espaçonave Artemis na Lua, executando simulações para determinar possíveis resultados e ajudar a determinar a melhor – e mais segura – abordagem.

A HPE e a Nasa já colaboraram antes em um projeto de um supercomputador que foi enviado à ISS (Estação Espacial Internacional) em 2017, com o objetivo de testar seu potencial uso em missões mais longas, como viagens à Marte.

publicidade

Via: TechCrunch