O Google Pixel 3 é um dos telefones mais vazados da história recente do mundo dos smartphones. Com tantas imagens do telefone circulando por aí, pouco resta à imaginação para adivinhar o que o Google prepara para o seu top de linha. Ainda assim, vale a pena observar que tendências os aparelhos prometem lançar no universo Android.

Pensando nisso, o Olhar Digital reuniu as principais características aguardadas para os novos telefones do Google. O evento está marcado para a próxima terça-feira, 9, e deve trazer também outros produtos inteligentes da gigante de buscas. Confira a seguir o que esperar do Pixel 3 e Pixel 3 XL:

Design e tela

Novamente, o Google deve lançar o seu smartphone em dois diferentes tamanhos. O menor é o Pixel 3, que deve contar com um visual bem tradicional, com tela de 5,4 polegadas de resolução Full HD (1080p). Já o telefone maior, o Pixel 3 XL, deve possui uma tela de 6,71 polegadas QHD (1440p) com o controverso notch do iPhone X e similares.

publicidade

ReproduçãoEm ambos os casos, o Google deve manter algumas características das gerações passadas, como os alto falantes na parte frontal do aparelho. Além disso, a traseira deve manter o acabamento em vidro e metal, com um leitor de impressão digitais logo abaixo da câmera simples. Por fim, os telefones devem chegar em novas opções de cores e ter resistência a água e poeira.

Ficha técnica

Partindo para as configurações, o Google tende a oferecer um hardware de ponta nos modelos. A dupla de telefone deve chegar com processador Snapdragon 845 com oito núcleos, 6 GB de memória RAM e 64 ou 128 GB de armazenamento interno, sem entrada para cartão de memória microSD.

Outra mudança aguardada para os telefones do Google é o carregamento sem fio. A gigante de buscas, inclusive, deve lançar um suporte para o aparelho que carrega o telefone por indução. Além disso, o acessório faria com que o Pixel 3 exibisse informações como mensagens, compromissos, alarmes e outras coisas durante o carregamento.

Câmera

Ao contrário da maior parte das fabricantes, o Google deve manter apenas uma câmera traseira de 12 megapixels no Pixel 3. No entanto, a empresa deve investir bastante em recursos de inteligência artificial para tornar o componente mais útil. Em supostos vídeos de marketing vazados, é possível ver o Pixel 3 aproveitando do Google Lens para reconhecer informações em cartões de visita, informações em placas, entre outras coisas.

ReproduçãoJá na parte frontal, a escolha do Google pode ser a inversa: usar um segundo sensor ao invés de apenas um. Segundo rumores, a lente adicional deve ter habilidade de tirar selfies com ângulos maiores do que o principal. No entanto, é possível que o Google utilize o hardware adicional para outras coisas, como ajudar no modo retrato, fazer desbloqueio por reconhecimento facial, entre outras coisas.

Sistema operacional

É certo que os novos telefones do Google virão com o Android 9.0 (Pie) instalado de fábrica. No entanto, a empresa costuma deixar algumas surpresas reservadas para o dia da apresentação. Por isso, é possível que o Pixel 3 apresente novos recursos exclusivos, bem como um visual diferente do Android Puro.

Outros produtos

Além dos novos Pixels, o Google deve apresentar outros produtos durante o seu evento de hardware. Entre eles, estão novos computadores e tablets híbridos com Chrome OS, novos fones de ouvido Pixel Buds e uma tela inteligente com o Google Assistente embarcado. Por fim, o Chromecast deve receber uma pequena atualização com melhoras na recepção de Wi-Fi.

O evento do Google está marcado para a próxima terça-feira, 9, a partir do meio-dia. Fique ligado no Olhar Digital para acompanhar as novidades da empresa.