Uma quadrilha usou um “enxame” de drones para despistar agentes do FBI durante uma situação com reféns nos Estados Unidos, revelou um diretor da polícia federal norte-americana durante um evento em Denver, estado do Colorado.

Joe Mazel, líder da Unidade de Tecnologia Operacional do FBI, contou a história para a plateia da conferência AUVSI Xponential nesta semana, segundo relato do site Defenso One, corroborado pelo Gizmodo.

Segundo Mazel, agentes do FBI acompanhavam uma situação em que criminosos faziam reféns. Os policiais estavam posicionados em um posto de observação alto quando foram cercados por diversos drones fazendo voos rápidos e rasantes ao redor dos policiais.

De acordo com o diretor do FBI, os criminosos levaram os drones dentro de mochilas para orquestrar a ação, antecipando a chegada do FBI na cena do crime. Mazel diz que o enxame de drones deixou a operação da polícia “muito mais difícil”.

publicidade

“Nós ficamos cegos”, disse Mazel. Além de despistar a polícia, os drones também serviam para filmar a movimentação dos agentes do FBI e transmitiam as imagens para um vídeo ao vivo do YouTube, acessado pelos criminosos durante a ação.

Mais detalhes sobre o caso, como quando aconteceu e qual era o objetivo dos criminosos, não puderam ser divulgados porque a investigação ainda está em andamento.