Qual o segredo para o sucesso? Talvez ninguém ainda saiba de fato. No entanto, não chega a ser absurdo pensar que Mark Zuckerberg pode estar perto de desvendar a fórmula mágica para fazer uma empresa superar suas concorrentes. Ele mesmo, inclusive, resolveu dividir um pouco de sua sabedoria ao explicar o que separa as boas companhias das ótimas.

De acordo com o homem forte do Facebook, o grande fator que separa as empresas é o próprio gestor. Os administradores que estão confortáveis e confiantes para se cercarem de pessoas que são melhores do que eles mesmos estão mais suscetíveis ao sucesso.

Reprodução

A declaração foi dada durante um episódio do podcast “Masters of Scale”, do LinkedIn. Na ocasião, Zuckerberg estava explicando os motivos que o levaram a contratar Sheryl Sandberg para a empresa. A executiva chegou em 2008 ao Facebook após ter trabalhado no Google.

publicidade

“Há uma porção de coisas nas quais Sheryl é muito melhor do que eu e isso faz com que o Facebook seja melhorado. Ao invés de ficar amedrontado ou ameaçado, eu valorizo isso”, declarou.

Basta ver os números crescentes da empresa nos últimos anos para concluir que a contratação deu certo. O Facebook fechou 2008 com 450 empregados, US$ 272 milhões de receita e prejuízo de US$ 56 milhões. Ao final do ano passado, a empresa contava com mais de 17 mil funcionários, US$ 27,6 bilhões de receita e lucro líquido de US$ 10,2 bilhões.