A Suprema Corte dos Estados Unidos decidiu a favor da Samsung no caso do longo processo de patentes que a empresa tem contra a Apple. A decisão, que foi tomada na última terça-feira, 6, desobriga a sul-coreana a pagar os US$ 399 milhões, algo em torno de R$ 1,35 bilhão, que a concorrente pedia em danos.

Segundo os juízes, eles não têm informação suficiente para dizer se os danos que devem ser pagos à Apple seriam baseados no dispositivo todo ou em componentes específicos.

Apesar de ter anulado o valor de US$ 399 milhões, referentes aos danos que a violação trouxe aos lucros da Apple, ainda estão em disputa os US$ 149 milhões – algo em torno de R$ 507 milhões – relacionados à quebra de patentes do iPhone.

O caso vem sendo julgado desde 2011, quando a empresa de Steve Jobs processou a Samsung por infringir o design patenteado do iPhone, incluindo a sua face frontal retangular com bordas arredondadas e a grade de ícones coloridos em uma tela preta.

publicidade

Agora, o caso deve voltar para o Tribunal de Apelação dos Estados Unidos para aguardar um novo processo.

Via MacRumors