Na semana passada, o Google bloqueou as contas de centenas de consumidores que utilizaram uma brecha fiscal para lucrar com a revenda de smartphones Pixel. Utilizando a operadora do Google, as pessoas adquiriam o dispositivo e o enviavam ao estado de New Hampshire, onde não há impostos de venda. O revendedor, por sua vez, dividia o lucro com as pessoas.

Publicidade

A ação, que viola os termos de serviço do Google, foi descoberta pela gigante de buscas e os usuários tiveram suas contas do Gmail, acesso a fotos, mensagens de voz e arquivos bloqueados.

publicidade

“Isso é como uma versão do século 21 de perder lembranças inestimáveis em um incêndio em casa”, declarou Daniel Eleff, proprietário do site Dan’s Deals. Em fóruns, os membros criticaram a medida do Google e dizem que ela foi exagerada. Para eles, a empresa poderia, pelo menos, ter permitido que essas pessoas exportassem seus dados.

Publicidade

Nesta segunda-feira, 21, o Google voltou atrás e decidiu restaurar o acesso dos cerca de 200 membros às contas. “Depois de investigar a situação, estamos restaurando o acesso a contas reais para os clientes que estão bloqueados de muitos serviços do Google dos quais eles dependem”, explica a empresa.

Via TechCrunch

Publicidade