O Vine pode ganhar sobrevida longe do Twitter, pois uma reportagem do TechCrunch afirma que desde o anúncio do encerramento da plataforma a companhia vem recebendo uma série de ofertas de compra.

Publicidade

Uma delas foi noticiada aqui no Olhar Digital. Não se sabe os termos da proposta, mas um dos primeiros interessados foi Corey Price, vice-presidente do site adulto Pornhub (relembre).

publicidade

Fontes disseram que o Twitter recebeu mais de 10 propostas — vindo inclusive de várias companhias asiáticas. A rede, entretanto, cortou a lista de avaliação para cinco.

Publicidade

Embora não haja confirmação dos nomes envolvidos, especula-se que um dos mais interessados seja a empresa japonesa por trás do LINE, que é concorrente do WhatsApp.

Uma das fontes do TechCrunch afirma que algumas propostas estão abaixo dos US$ 10 milhões, sugerindo que, apesar do forte interesse, o mercado não está disposto a pagar caro pelo Vine.

Publicidade