Realizada daqui a um mês, a Black Friday brasileira deve movimentar US$ 2 bilhões neste ano, 34% em relação ao valor obtido em 2015, de acordo com o portal blackfriday.com.br. “As pessoas estão aguardando a data para as compras de fim de ano. Quem não estava comprando por causa da recessão vai aproveitar o evento atraído pelos descontos”, explica Ricardo Bove, diretor do site que é idealizador da Black Friday no Brasil.

O valor médio gasto pelo consumidor também deve subir. A expectativa é de que ele fique um pouco acima dos R$ 500, uma alta de 5% em relação ao ano passado. “Para este ano espera-se leve aumento devido ao amadurecimento da data e relativa estabilização dos produtos mais procurados”, afirmou Bove.
Produtos mais buscados

Segundo o site, os produtos mais desejados pelo consumidor são smartphones, televisões, notebooks e eletrodomésticos no getal.

A Black Friday acontece em 25 de novembro.

publicidade

Via Reuters