A Sidewalk Labs, uma das divisões da Alphabet, a proprietária do Google e outras empresas, quer revolucionar radicalmente o transporte público nas cidades dos Estados Unidos – o que pode acabar influenciando o resto do mundo.

Com uma tecnologia para melhorar a mobilidade, a divisão que tornar mais fácil dirigir e estacionar nas grandes cidades e ainda criar opções híbridas de transporte particular e público através de serviços de compartilhamento, como o Uber. Além disso, eles querem oferecer ferramentas para serviços de ônibus tradicionais, o que pode levar as metrópoles a terem que investir fortemente em tecnologia.

Documentos encontrados pelo jornal britânico The Guardian, revelam planos que incluem subsídios de gastos com transporte para moradores de baixa renda e atualização do sistema de pagamentos móveis e modernização estacionamento público para aumentar as receitas da cidade.

A Sidewalk Labs se separou do Google em junho do ano passado com a missão de “melhorar a vida na cidade para todos”. Desde então conseguiu um consórcio para implantar vários quiosques de Wi-Fi gratuito em Nova York e se envolveu em rumores de que está projetando uma cidade a partir do zero.

publicidade

A empresa também pretende usar dados do Google, como mapeamento e aprendizado de máquinas, para reduzir o tráfego. Por exemplo, estudos mostram que 30% do trânsito é causado por motoristas que estão procurando vagas; com veículos equipados com câmeras, como carros do Street View, seria possível contar todas as vagas públicas de estacionamento e, então, através do Google Maps teria como estimar os locais que ainda estão livres e direcionar o motorista para lá.

Outro projeto prevê incluir garagens privadas ao banco de dados para oferecer uma espécie de Airbnb de carros. Assim, moradores e escritórios poderiam alugar temporariamente as vagas de estacionamento nos horários que não são usados.

Via The Guardian